Octavia Spencer prestigia a pré-estreia do filme A Cabana no Rio de Janeiro

136 0

Indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por “Estrelas Além do Tempo” e vencedora pela mesma categoria em 2012 por “Histórias Cruzadas”, Octavia Spencer veio ao Brasil para o lançamento de A Cabana (The Shack), best-seller de William P. Young, que vendeu mais de 4 milhões de cópias apenas no Brasil e mais de 25 milhões ao redor do mundo. O Mundo Blá! tem uma resenha para o livro que você pode ler aqui.

A pré-estreia, que aconteceu no último dia 27, no Cinépolis Lagoon, na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona Sul do Rio de Janeiro, teve direito a tapete vermelho e contou com a presença de vários famosos. Entre os presentes, estavam Nanda Costa, Lavínia Vlasak, Cristina Mel, Jairo Bonfim, Daniela Araújo, Kadu Moliterno e sua esposa, Cristianne Rodriguez, Rainer Cadete e sua namorada, Taianne Ravelli.

Foto: Ricardo Gama

Perguntada sobre como foi representar o papel de Deus e como ela conseguiu criar este personagem, Spencer explicou que recebeu vários livros do diretor, além de ter tido ajuda de um amigo pastor: “Foi um desafio! Quando se interpreta Deus, não existe um parâmetro ou um padrão a seguir. Tentei fazer a relação de Deus com Mark, como uma mãe que reencontra um filho”.

Sobre o fato de o longa trazer uma mensagem sobre amor e perdão em uma época de muitos conflitos ao redor do planeta, a atriz comentou: “Violência e ódio existe desde o começo dos tempos, mas se abandonarmos nossas diferenças, vamos perceber que todos nós queremos as mesmas coisas: felicidade, o bem para os nossos filhos e um mundo melhor”.

Na trama de A cabana, o ator australiano Sam Worthington (de Avatar) vive Mack, um homem que passou pela dor de perder a filha mais nova e entra em depressão. Após uma tragédia em família, ele recebe uma carta que o convida a ir até uma cabana abandonada. O longa conta ainda com a participação da atriz brasileira Alice Braga, sobrinha de Sônia Braga.

O filme estreia nos cinemas de todo o Brasil no dia 6 de abril.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Quem escreveu isso?

Jornalista de ofício, enxerga o cinema como fonte de inspiração, de libertação e, sobretudo, de reflexão. O cinema muitas vezes nos provoca, permite com que a gente saia do cômodo lugar de um senso comum para avaliarmos o mesmo assunto sob perspectivas diferentes, fazendo com que adotemos novas maneiras de se pensar. Espero, neste espaço, poder oferecer a vocês, leitores, informações e análises críticas sobre o fantástico mundo da sétima arte.